OUVE

Ouve com serenidade sempre que a tal sejas convocado.

Permite que o outro conclua o pensamento,

não antecipando conclusões, certamente incorretas.

Nem todos sabem expressar-se com rapidez e clareza.

Escuta, portanto, com boa disposição,

relevando as colocações e palavras indevidas, assim, buscando

entender o que ele te deseja expor.

Se te acusa, procura a raiz do mal e extirpa-a.

O diálogo deve sempre transcorrer sem azedume,

deixando saldo positivo.

Se te esclarece ou ensina, absorve a lição.

Se acusa alguém, diminui a intensidade da objurgatória com expressões

de conforto ao ofendido.

Joanna de Ângelis

Fonte: Livro Vida feliz ( pelo espírito Joanna de Ângelis, psicografado por Divaldo P. Franco )

Espírita Alvorada, 1992.

AGINDO SABERÁS

Certo pomicultor surpreendeu se lamentando ao pé de uma grande laranjeira:

_ E meus prejuízos ?

Meu dinheiro ?…

Como recuperá-lo ?

Quem fará isso por mim ?

Assombrado, notou que a árvore lhe respondeu:

_ Até hoje, meu senhor, nunca soube quem me apanhou os frutos e me talou as flores, quem me decepou os ramos e levou para longe as minhas essências, mas sei que Alguém me renova todas as forças auxiliando a produzir…

Se trabalhas com fé em DEUS, na Seara do Bem, não precisa articular muitas perguntas, acerca daquilo que te compete fazer.

Prossegue agindo com paciência e, através do próprio serviço a que te dedicas, a Sabedoria de DEUS te esclarecerá..

Emmanuel

Livro De Respostas. – Emmanuel – Francisco Cândido Xavier

INVEJA

Procure não se incomodar com que dizem ou pensam a seu respeito.

Seja autêntico, leal, sincero e continue a superar seus obstáculos.

Todo aquele que se destaca, que sobressai da massa comum, assim como é venerado e aplaudido por muitos, é também objeto de inveja e crítica por parte de outros.

Não se pode contentar a todos, pois nem sempre os objetivos são iguais.

Mire-se nos grandes exemplos da humanidade e siga seu caminho sem dar ouvidos às críticas.

O importante é estar satisfeito consigo mesmo.

Humberto Pazian

Fonte: Livro Para viver bem

LAPIDAÇÃO

A busca da perfeição se confunde com a busca da própria felicidade.

Quanto mais virtudes a pessoa adquirir,  mais próxima da Felicidade ela estará.

Distanciar-se do sofrimento implica burilamento de si mesmo.

O diamante é uma pedra preciosa que precisou ser lapidada.

Nós também somos pedras preciosas criadas por DEUS, e também precisamos lapidar nossos conhecimentos e sentimentos.

Daí porque JESUS pede que busquemos a perfeição, que é o processo de lapidação do ser divino que habita em nós, eliminando as sujeiras do orgulho, removendo os cascalhos do egoísmo e limpando os detritos da nossa mágoa, da inveja e da sensação de ser vítima no mundo.

Quanto mais lapidados, mais nos aproximaremos da nossa essência, que a luz da emanação de DEUS.

Este é o caminho da felicidade:  aprimoramento íntimo, descoberta das riquezas interiores e a expansão da nossa luz interior..

José Carlos de Lucca

Fonte: Livro Sempre Melhor