FELICIDADE

 

Muitos se iludem com os apelos falsos e atraentes do Ter e se esquecem de Ser. Por isso, há tantas pessoas infelizes na Terra.

Todas as vezes que o Ter predomina, o homem pensa que pode comprar a felicidade e, por isso mesmo, começa a situá-la em um monte de coisas, de momentos fugazes de prazer, de bens materiais.

Esquecido de que a felicidade é característica do Ser.

Ela é uma sensação de plenitude de sentimentos bons, de alegria íntima, de realização interior.

Nada disso pode ser comprado na joalheria, na concessionária de carros importados, no hotel fazenda, no spa ou na sala de cirurgia plástica.

O Ser se repleta do imponderável, o Ser se sente feliz com aquilo que não pode tocar, medir ou pesar, mas que se constitui fonte de leveza, de paz, de contentamento.

Se queres mesmo ter felicidade, é preciso reavaliar os teus valores e os objetivos de tua vida, pois enquanto estiveres concentrado no Ter, o Ser escapará de ti, do teu controle e, por maiores que sejam as conquistas materiais, elas vão se perder no tempo, no desgaste natural pelo uso e podem até ser tomados de ti de forma violenta por aqueles outros que também só enxergam a felicidade de quando Têm coisas e não quando São felizes por aquilo que já conseguiram Ser.

…pensa antes no tens buscado em tua vida e qual o roteiro para a Felicidade.

Fonte: Livro” Mensagens de Boa Noite” – Autor: Maurício Mancini

‘É mais feliz quem tem menos necessidades.” Chico Xavier

 

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *