INTELIGÊNCIA E AMOR

Quando o coração se converte ao bem, a inteligência se desdobra em serviço nobre e renovador.

É imperativo consorciar mente e sentimento nas esferas do trabalho, para que a vida se converta, no orbe em estância, de harmonia e paz.

A sociedade tem início na família, e esta começa no indivíduo.

Se o cristão em atividade não dispõe de bastante serenidade para atender as questiúnculas que o surpreendem, com o tirocínio que dele se espera, não está preparado para participar da família ampliada…

Se reage ao invés de agir, é peça desajustada na máquina do progresso.

Quem não se domina é incapaz de dirigir…

A paz do mundo é serva da paz do lar, e esta é escrava da paz do homem…

A grande máquina depende de humildes parafusos ou pequeninos minérios que as ajustam.

Joanna De Ângelis

Fonte: Livro “Dimensões da Verdade” – Psicografado por Divaldo P.Franco

 

Comentários encerrados.