MUNDOS REGENERADORES

msg2910

Entre as estrelas que cintilam na abóboda azul do firmamento quantos mundos não haverá como o vosso, destinados pelo Senhor a expiação e provação?
Os mundos regeneradores servem de transição entre os mundos de expiação e os mundos felizes.
A alma penitente encontra neles a calma e o repouso e acaba por depurar-se.
Sem dúvidas, em tais mundos o homem ainda se acha sujeito as leis que regem a matéria.
Nesses mundos, todavia ainda não existe a felicidade perfeita, mas a aurora da felicidade.
Não avançar é recuar, e, se o homem não houver firmado bastante na senda do bem, pode recair nos mundos de expiação, onde, então, novas e mais terríveis provas o aguardam.
Contemplai, pois, à noite, a hora do repouso, e da prece, a abóboda azulada e, das inúmeras esferas que brilham sobre as vossas cabeças, indagai de vós mesmos quais as que conduzem a DEUS e pedi-lhes que um mundo regenerador vos abra seu seio, após a expiação na Terra.

Santo Agostinho ( Paris 1862 )

 

Fonte: Livro ” O EVANGELHO SEGUNDO O ESPIRITISMO” – Autor: Allan Kardec – Partes extraídas do Capítulo III – Há Muitas Moradas Na Casa De Meu Pai – Instruções dos Espíritos – Itens 16,17,18.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *