NO ESPLENDOR DO BEM

Abre o coração a luz do bem, para que a luz do bem declarei o caminho.

Recorda que a lama cultivada produz o pão, que alimenta, e não olvides que o espinheiro, em pleno deserto, com a simples visita do orvalho, se veste com a flor que perfuma.

Onde estiveres, ampara e auxilia sempre, recordando Jesus, que, sem uma pedra onde repousar a cabeça, confiou-nos a todos o próprio coração em forma de renúncia, no serviço incessante, enriquecendo-nos de paz e amor ante a Vida Imperecível.

Emmanuel

Psicografia de Francisco Cândido Xavier

Fonte Livro Reconforto

Comentários encerrados.