A SENSIBILIDADE

msg2111

” Bem aventurados os que promovem a paz, porque serão chamados filhos de Deus.”
( Mateus 5:9 )

 

Nas sociedades modernas, os bem-aventurados são aqueles que têm status social, dinheiro, cultura acadêmica. Mas para aquele Mestre incomum, os bem-aventurados são aqueles que irradiam a paz onde quer que estejam, que atuam como bombeiros da emoção, que são capazes de abrandar a ira, o ódio, a inveja, o ciúme e sobre tudo, estimular o diálogo entre as pessoas com as quais convivem. No pensamento do Cristo, se formos incapazes de realizar tal tarefa não seremos felizes nem privilegiados.
As pessoas hoje amam o individualismo.
A troca de experiência da vida tornou-se mercadoria escassa. Infelizmente só conseguem falar do seu íntimo quando vão a um psiquiatra ou a um psicoterapeuta.
Procuramos nos proteger de tudo, mais esquecemos da nossa proteção emocional.
JESUS não cativava as pessoas apenas com seus milagres, mas muito mais com a sua sensibilidade, sua maneira segura, afável e penetrante de ser.
Queria que as pessoas o seguissem como garimpeiro do coração, procurava quem o acompanhasse com liberdade e consciência.
Buscava pessoas que compreendessem sua mensagem, que vivessem uma vida borbulhante dentro de si mesmas, para depois transformarem o mundo que as circundavam.

A paz e o amor do Cristo esteja com todos.
Com carinho
Yolanda Barros

Fonte: Livro ” O Mestre da Sensibilidade” –  Autor: Augusto Cury 

 

O RIO

msg2011

Dentro de nós existe um rio com sua nascente e seus afluentes. Todos os dias essa água que corre dentro de nós passa por situações como se fosse um rio que sai da sua nascente naquela tranqüilidade de sair a fazer o seu caminho até chegar ao mar…
Assim somos nós, que na nossa busca diária fazemos o caminho do córrego passando pelos obstáculos que aparecem pela frente, trocamos o sentido do nosso rumo e vamos sem saber aonde chegar.
Traçamos caminhos estreitos e largos, passamos por fendas que de repente nos leva a vale imensos aonde nos espalhamos com vontade de crescer e até parecer o mar.
Então aparecem os obstáculos, daqueles que não sabem apreciar a beleza da tranquilidade e vem a insensibilidade do ser humano a querer mudar o rumo daquela vida, daquele momento.
Por isso esse traçado entre a calmaria e a turbulência é necessário, que o rio num momento se mostre que existem corredeiras e que se não tivermos o leme da nossa vida, não chegaremos a lugar nenhum.
Como somos feito de água, seremos divinos rios de alegria.
Todos nós nascemos para ser rio.
Quem ama cuida.
Os rios são doces ou de água doce, tanto faz, e ensinam que as situações amargas do dia podem ser contornados…

Abraço Fraterno
Yolanda Barros

Mensagem da Médium Yolanda Barros em 12/11/2013

 

 

PLANETA TERRA

MSG1911

Com os acontecimentos que tem havido de transformações com tantos acidentes com a natureza que vou passar para vocês uma mensagem do Frei Leonardo Boff sobre o nosso planeta…
” Se não garantirmos a continuidade de nosso planeta azul-branco, se não zelarmos por sua sustentabilidade, de nada vale preocupar-nos com o bem comum humano. Não podem ir bem os seres humanos se a Terra vai mal. Se a Terra constitui um todo orgânico, onde cada parte está no todo, então ela não pode sobreviver em fragmentos.
Ela sobrevive como totalidade aberta. Não há arca de Noé que salve a alguns e deixe perder a outros.
Desta vez ou nós salvamos todos, ou nos perdemos todos.
Do cosmo passamos para DEUS.
DEUS não vem de fora. Emerge de dentro da experiência do novo paradigma holístico e espiritual.
Ele desponta como energia infinita, relação absoluta que funda todas as demais relações como Elã vital que vivifica cada coisa e a mantém em sintonia com todas as demais.
Como o Espírito de vida que “ dorme na pedra, sonha na flor, sente no animal, sabe que sente no homem e sente que sabe na mulher…”
Cultivar o espaço de DEUS produz uma espiritualidade cósmica, mais benevolente, compassiva, solidária e sensível ao menor sinal de vida.
Sem esta espiritualidade dificilmente chegaremos a ter mais veneração e respeito pela Mãe-Terra.”

Meus amigos vamos fazer uma grande reflexão neste momento.
Meu carinho
Abraço Fraterno
Yolanda Barros

Fonte: Livro: “O DESPERTAR DA ÁGUIA” – Autor: Leonardo Boff 
e·lã
(francês élan)
substantivo masculino
1. Impulso.
2. Sentimento de energia e entusiasmo.
“elã”, in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa [em linha], 2008-2013

 

 

OTIMISMO

msg 1811

“ Todavia ninguém falava dele abertamente, por medo dos judeus..”
(João 7, 13)

 

As experiências da vida têm como objetivo o aperfeiçoamento do espírito. Expandir a consciência é o fim para qual converge toda a vida em suas várias formas de manifestação.
Para viver de maneira altruísta, de forma a extrair a lição que a vida nos dá através das experimentações, é preciso ser corajoso. Ante os embates que se enfrentam na vida social e as dificuldades íntimas, é preciso coragem.
A força capaz de impulsionar o progresso está dentro de cada um dos filhos de DEUS.
Recuar ante a grandeza da vida é covardia. Recusar-se a testemunhar o bem maior é atentar contra si mesmo.
O homem é levado pelo caudal das experiências rumo a um futuro cada vez mais brilhante. É chamado a contribuir e construir um mundo melhor. Isso começa naturalmente dentro de si mesmo, através de sua postura íntima.
Ter medo de enfrentar as situações e as provas naturais da existência só adia a luta pela expansão do SI e acumula trabalho para o futuro.
Há necessidade de se enfrentar. Assumir a postura íntegra e digna perante si mesmo. A vida pede respostas. Os obstáculos são colocados no percurso de um atleta a fim de que ele os supere.
Assumir uma situação interior de dignidade é ter coragem de vencer os obstáculos e alcançar a vitória sobre as próprias limitações.
O medo retrai as energias da alma, impedindo o ser humano de progredir.
Pulverizar otimismo nas experiências diárias é um convite que é feito a todo momento.
Não importa a natureza do problema ou a espécie de dificuldade…
Ninguém é capaz de realizações superiores.
Todos têm em sim mesmo os recursos necessários para vencer. Somente tenhamos cuidado para que, a pretexto de sermos vencedores, não magoemos ou firamos aqueles que consideram vencidos.
Havendo a necessidade de subir ou crescer, saibamos respeitar os que se sintonizam com aquilo que chamamos de retaguarda. Todos têm imenso caminho a percorrer, e as possibilidades de vitória ou derrota estão dentro de cada um.
Tenhamos a coragem de assumir a vitória na vida

Alex Zarthú

Fonte: Livro: “SERENIDADE – UMA TERAPIA PARA A ALMA” – Cap.Otimismo – pelo Espírito: Alex Zarthú – Médium: Robson Pinheiro 

 

RAINHA DO CÉU

msg1711

Excelsa e sereníssima Senhora,
Que sois toda bondade e Complacência,
Que espalhais os eflúvios da Clemência
Em caminhos liriais de feitos de aurora!…

Amparai o que anseia, luta e chora,
No labirinto amargo da existência
Sede a nossa divina providência.
E a nossa proteção de cada hora.

Oh! Anjo Tutelar da Humanidade.
Que espargis alegria e claridade
Sobre o mundo de trevas e gemidos

Vosso amor, que enche os céus ilimitados,
É a luz dos tristes e dos desterrados,
Esperança dos pobres desvalidos!…

ANTERO DE QUENTAL

Fonte: Livro:”MARIA MÃE DE JESUS”- Médiuns: Francisco Cândido Xavier e  Yvonne A.Pereira ( Edison Carneiro – coordenador )