POSSES

Possuis, como bens atormentantes, ao lado das moedas, propriedades, títulos, semoventes, as paixões e caprichos deles decorrentes.
Almejas paz e afeição, felicidade e auto-realização, entretanto, quando se te apresenta o ensejo, recalcitras e avalias o montante daquilo que deve doar em troca, optando por prosseguir conforme te encontras.
Queres, porém não está seguro da opção que deves fazer, da contribuição a brindar, do teu esforço pela libertação..
Somente é feliz aquele que é livre.
Só existe felicidade em quem se encontrou com a verdade, absorveu-a e tomou-a como Norma de Conduta.
Joanna De Ângelis

Psicografia de Divaldo Franco no livro Jesus e Atualidade

” O espírito enriquece com o que recebe; o coração com o que dá ..”
Victor Hugo

Comentários encerrados.